quarta-feira, 24 de maio de 2006

Os nomes das ruas

Rua dos Bem Casados. Taipa. Janeiro de 2006

«Os nomes dessas ruas desvendam aos nossos olhos, ávidos de curiosidade, as imensas perspectivas etnográficas, etnológicas e folclóricas de duas raças, numa simbiose quadrissecular, assombram-nos com o seu ineditismo, abrem-nos os portais dos seus templos e pagodes, introduzem-nos na sua culinária, no seu comércio e indústria, revelam-nos certos tipos de costumes, a etnografia das águas, a Bica do Lilau, as fontes da Inveja e da Solidão, a fauna e a flora, os pregões populares, as velhas lendas, a hagiografia católica e o panteão budista, a Senhora da Piedade e a Kun Yam - "deusa da misericórdia", vivendo lado a lado, num diálogo interessante, numa coexistência pacífica».
P. Manuel Teixeira na Explicação Prévia à obra Toponímia de Macau.

1 comentário:

Constança Barras Romana disse...

Boa noite!

Gostaria de utilizar a fotografia deste post para a capa de um livro de contos que estou a escrever sobre a ilha da Taipa. É possível?

Com os melhores cumprimentos,
Ana Constança B. Romana